• NOTÍCIA

  • 07/mar/2017

Pets também precisam de cuidados no "pós-verão"

Patas ressecadas, pelos quebradiços e com pontas duplas são alguns dos problemas enfrentados pelos animais de estimação.

O calor, a piscina e o clima seco do verão não afetam apenas os humanos. Os pets também sofrem as consequências da estação e merecem cuidados para recuperar a saúde e a beleza da pelagem. "Com o fim das férias é muito comum as pessoas investirem em tratamentos e produtos para recuperar os cabelos que tanto sofrem no verão. Mas é preciso lembrar que os pelos dos cães e gatos também são afetados, ficando mais ásperos e ressecados, com alteração na cor e perda do brilho", comenta Sandra Schuster, farmacêutica e sócia da docg., empresa de cosméticos e produtos para animais - a primeira do Brasil com sistema de vendas diretas.

O primeiro passo para o tratamento é lembrar que os produtos de higiene e beleza devem ser de uso exclusivo veterinário. "Nada de aproveitar o mesmo shampoo ou ampolas de tratamento do dono do pet", alerta. Segundo Sandra, a pele dos animais tem pH diferente do humano, são mais finas e sensíveis, por isso a utilização de produtos para humanos pode causar alergias e problemas na pele.

PetGuide | Notícias
© Divulgação

Confira as dicas da farmacêutica para os cuidados pós-verão:

Banhos - Embora não seja indicado, muitos cães costumam tomar banho de piscina ou mar. Se isso ocorrer é preciso dar banho no pet para retirar todo o sal, areia ou cloro da pele e pelagem. "Com o clima seco e mais empoeirado também é comum aumentar a frequência dos banhos. Por isso, é preciso usar shampoos adequados ao tipo de pelo do animal e finalizar o banho com condicionador", explica Sandra.

Hidratação - Para recuperar a hidratação dos pelos, os pets ganharam recentemente produtos semelhantes aos dos humanos, como leave-in e ampolas. "Desenvolvemos produtos que trazem resultados rápidos e são práticos de utilizar", comenta a farmacêutica. O leave-in é composto por vitamina E, queratina e D-pantenol, que promovem a hidratação e restauração dos pelos. Já a ampola, objetiva fortalecer, dar brilho e restaurar as pontas duplas.

Escovação - Para evitar que os pelos embolem e também para a retirada de resíduos da pelagem, o ideal é escovar os cães e gatos no mínimo 3 vezes por semana. Segundo a farmacêutica, existem escovas adequadas ao tipo e comprimento dos pelos e também aquelas que prometem retirar os sub pelos mortos, evitando assim que a pelagem embole e a pele respire melhor.

Coloração - A exposição ao sol também prejudica a coloração do animal. "Pelos escuros desbotam e pelos brancos podem ficar manchados devido ao contato com poeira", explica Sandra. "Shampoos e condicionadores adequados à cor da pelagem devem fazer parte da rotina de higiene. Para complementar os cuidados é possível utilizar fixadores de brilho, que valorizam os tons das pelagens", complementa.

Patas - Não é apenas a pelagem dos cães que precisa de tratamento especial. As patas e cotovelos sofrem com o atrito no chão e temperaturas mais altas. "Essa também foi uma preocupação da docg. ao desenvolver a linha de produtos", esclarece a farmacêutica Sandra Schuster. "Criamos um creme para patas com D-pantenol e glicerídeos de soja que está fazendo sucesso", adianta.

Sobre a docg.

Primeira empresa de vendas diretas de produtos pets no Brasil, a docg. foi lançada no mercado em fevereiro de 2017 pelos empresários Sandra Schuster, Flávio Pigatto (fundadores da DrogaVET, maior rede de farmácias de manipulação veterinária no Brasil) e Juliano Cortes (franqueado DrogaVET há mais de 10 anos). A experiência com saúde animal motivou o desenvolvimento de produtos diferenciados, como os shampoos livres de parabenos, vaselina ou óleos minerais. Além de sua linha própria de cosméticos, que incluem banho seco, creme para patas, perfumes e uma linha dedicada aos profissionais de beleza e estética animal, a docg. oferece uma grande variedade de produtos em seu catálogo. São itens de marcas parceiras, como acessórios, petiscos, alimentos úmidos, brinquedos e camas. Os produtos podem ser adquiridos por consultores de vendas que atendem aos clientes no local de sua preferência ou em pet shops e clínicas veterinárias que aderiram ao modelo de vendas da empresa.


Facebook

Twitter