• NOTÍCIA

  • 02/mar/2017

Proteína à base de grilos, baratas e tenébrios da Safari tem papel fundamental na nutrição dos pets

Nutriente influencia na saúde dos músculos, produção de anticorpos e construção de novos tecidos.

O movimento em busca de alimentação equilibrada entre as pessoas já é bem conhecido - é cada vez maior o número de pessoas optando pelo consumo de alimentos naturais. Agora, no entanto, ganha fôlego o estímulo à dieta adequada para os pets.

Oferecer a quantidade correta de proteínas (aminoácidos não produzidos pelo próprio organismo), por exemplo, influencia diretamente na saúde dos músculos, produção de anticorpos e construção de novos tecidos. "É preciso atenção, pois a deficiência de proteínas pode surgir tanto com uma dieta deficiente quanto com alimentos de pouca palatabilidade e consequente baixa ingestão. A deficiência de um único aminoácido essencial força a desaminação dos outros na proporção da limitação, impedindo a formação completa das proteínas necessárias ao organismo", afirma a professora do Instituto Qualittas e Doutora em Zootecnia na área de Nutrição, Manuela Marques Fischer.

PetGuide | Notícias
© Divulgação / Safari

Para quem tem pets silvestres e exóticos, como peixes, aves, lagartos, iguanas, jabutis e tartarugas, a melhor opção para suprir a deficiência de proteína é oferecer insetos vivos, que além de proporcionar grande percentual de proteína, estimulam o instinto de caça dos animai, instigados a capturá-los. "Os grilos, por exemplo, têm cerca de 60% de proteína em sua constituição. Para efeito de comparação, a carne bovina tem 19%", afirma Eduardo Matos, proprietário da Safari Insetos, empresa especializada na criação e comercialização de insetos para alimentação.

Hoje, já é possível encontrar nos pet shops grilos, baratas e tenébrios, comercializados vivos, dentro de pequenas embalagens especiais, desenvolvidas para que garantam a possibilidade de consumo em até de 30 dias.

"Os insetos são produzidos em uma fazenda localizada em Piracicaba, interior de São Paulo, e possuímos Título de Estabelecimento Relacionado, com aprovação do Ministério da Agricultura e responsável por assegurar a qualidade de produtos de origem animal comestíveis e não comestíveis destinados ao mercado interno e externo", explica o diretor da Safari, Eduardo Matos.

O cardápio oferecido pela Safari é composto por: grilo preto (Gryllus assimillis), tenébrio gigante (Zophobas morio), tenébrio comum (Tenebrio molitor), barata cinérea (Nauphoeta cinérea) e barata blaberus (Blaberus giganteus) somando milhões de insetos.

No caso de cães e gatos, a necessidade proteica pode ser suprida, por alimentos comerciais, como a ração, que deve ser de boa qualidade. Fischer dá a dica: "A dieta comercial, deve escolher um de ótima qualidade, os chamados Super Premium. Esses alimentos contêm fontes proteicas de maior variação em composição química, qualidade e digestibilidade, além de serem mais palatáveis".

Sobre os produtos Safari

Os produtos da Safari são encontrados em pet shops, em embalagens diferenciadas e tem prazo de validade de 30 dias. São eles:

Tenébrio Comum (Tenebrio molitor) - 150 unidades - R$ 20,00
Tenébrio Gigante (Zophobas morio) - 50 unidades - R$ 30,00
Grilo Preto (Gryllus assimillis) - 25 unidades - R$ 20,00
Barata Cinérea (Nauphoeta cinérea) - 10 unidades - R$ 25,00
Barata Blaberus (Blaberus giganteus) - 5 unidades - R$ 25,00

Sobre a Safari

Todos os insetos da Safari são produzidos em uma fazenda localizada em Piracicaba, interior de São Paulo. A criação possui Título de Estabelecimento Relacionado, com aprovação do Ministério da Agricultura e responsável por assegurar a qualidade de produtos de origem animal comestíveis e não comestíveis destinados ao mercado interno e externo.


Facebook

Twitter